13 dicas de presentes de natal para viajantes


10 dias para o Natal, sim, 10 dias para você comprar o presente daquele amigo (a), namorado (a), tio (a) ou amigo oculto que ama viajar.
O post hoje é destinado aos amigos dos viajantes, aqueles que buscam surpreendê-los mas estão um pouco indecisos ainda.
Nós temos dicas de lembranças pra lá de especiais, afinal, quem mais conhece os viajantes do que outros apaixonados por viagens?
Estamos inspiradas pelo espírito natalino, mas presentes assim para um viajante é especial em qualquer data.


Presentear um viajante não é um bicho de sete cabeças, pelo contrário, é tarefa fácil. A maioria deles gostam de lembrar desse universo, para que mesmo fora da estrada esteja rodeado daquilo que ama.


Então chega de blá-blá-blá e vamos ao que interessa?
Abaixo citaremos algumas lojas, mas para deixar claro, não é um post patrocinado, estamos apenas indicando algumas coisinhas que nós como viajantes ficaríamos felizes em ganhar, são produtos que ainda não temos, mas gostaríamos, sendo assim, não testamos a qualidade dos mesmos.
Optamos por um post relacionado a lembranças, decoração e organização de um viajante.


1- Cofre para grandes viagens




Começamos justamente por aí, afinal, por mais que seja uma viagem no modo econômico, é preciso manter um pouco das economias destinadas a tal. 
Sabe aquele momento em que o viajante decide conhecer um novo destino ?
Então, esse vira o foco dele. E manter alguns trocados em um cofre e ainda por cima como um objeto de decoração?
Não tem combinação melhor.

Produto: Cofre Porta Retrato Grandes Viagens;
Valor: R$69,90;
Loja: Imaginarium (loja online);

Valor do dia 14/12/2016.

2- Pôster Sede de Viagens



Já que falamos do cofre também como objeto de decoração, porque não um poster para colorir a parede de um viajante?
Afinal, qual viajante apaixonado não tem sede de viagens?


Produto: Pôster Sede de Viagens;
Valor: R$35,00;
Loja: Gate 05 (loja online);
Valor do dia 14/12/2016.

3- Livros

Existe melhor companheiro de viagens do que livros ? E quando são livros relacionados a viagem?
Temos duas indicações, são dois livros baseados em fatos reais. A indicação ideal,  principalmente se seu amigo é um viajante com uma pegada "mochileira".





Na Natureza Selvagem, praticamente um clássico dos viajantes. O livro é sobre a história de Chris McCandless, um jovem que tinha tudo para ter a vida dos sonhos, amigos, boa família, boas condições financeiras... Mas a vida dos sonhos de muitos, menos dos seus. Chris larga tudo, família, amigos, queima seu dinheiro e parte rumo ao Alasca onde pretende viver uma nova aventura/experiência.
O livro relata como foi os dias no Alasca para Chris. É o tipo de livro que envolve o leitor emocionalmente.

Vale a pena a leitura.

Produto: Livro Into the Wild (Na Natureza Selvagem);
Valor: R$26,90;
Loja: Livraria Saraiva (loja online);
Valor do dia 14/12/2016.



Livre: Este se trata de um livro autobiográfico, escrito por Cheryl Strayed. A vida de Cheryl estava em uma completa desordem, sua mãe faleceu, seu casamento acabou e vários outros fatores deixaram tudo de cabeça para baixo.
Até que certo dia ela se depara com um livro sobre a Pacific Crest Trail, e nesse momento sua vida tomou um novo rumo. A P.C.T é uma loga trilha que se estende da fronteira dos EUA com o México até a fronteira com o Canadá.
Ela partiu rumo a longa trilha, um pouco insegura para o novo, que por ali encontraria.
Garanto que não só viajantes, mas muitos se identificariam com a vida passada de Cheryl e após a leitura ficariam com vontade de partir rumo a PCT.

Produto: Livro Free (Livre);
Valor: R$32,20;
Loja: Livraria Saraiva (loja online);
Valor do dia 14/12/2016.

4- Kit Viagem




Agora que já falamos sobre manter alguns tostões para a próxima trip, sobre alguns livros que seriam ótimas companhias de viagem e um pouco de decoração, vamos começar a pensar na viagem em si.
Que tal um kit desses que contém almofada para pescoço ( seja no avião, no carro ou no trem, o seu pescoço precisa de conforto, afinal, ninguém quer chegar cansado no destino final), Tapa olhos para descansar, sem que claridade incomode os olhos, Tag para colocar em sua mala com seu nome completo e endereço de destino e ainda um porta Passaporte.

Produto: Kit Viagem;
Valor: R$89,90;
Loja: Casa Baher (loja online);
Valor do dia 14/12/2016.

5- Almofada de Pescoço:




Se você se interessou apenas pela almofada, ela é vendida separadamente em algumas outras lojas.

Produto: Almofada de Pescoço;
Valor: R$99,90;
Loja: Imaginarium (loja online);
Valor do dia 14/12/2016.

6- Tag para Malas:




Assim como a almofada de pescoço, encontramos uma opção linda e super econômica para a Tag de identificação para Malas.
O único ponto negativo para este produto é a demora na entrega, não seria possível chegar a tempo para o Natal, pois estamos falando de um produto importado da China.
Mas como falamos, um viajante gostaria de presentes como este em qualquer época do ano, então, vale a pena essa dica.


Produto: Tag para Mala;
Valor: $1,43, aproximadamente R$5,00;
Loja: Aliexpress (loja online);
Valor do dia 14/12/2016.

7- Save Bag:




Essa é uma novidade que vem com o objetivo de proteger sua mala. 
Que infelizmente "acabam" com nossas malas no manejo nos aeroportos já não é novidade.
Foi pensando assim que a Save Bag desenvolveu este produto, as capas são confeccionadas em material neoprene, por ser um material de alta resistência. É feita sob medida para sua mala, pois, é necessário que o produto envolva a mala perfeitamente para garantir que a mesma não se danifique. Ah e para fixar de melhor forma a capa, é fundamental o uso das faixas personalizadas que você encontra também na Save Bag. Isso mesmo, são personalizadas. Imagina um presente desses e ainda por cima com o nome do viajante presenteado?

Produto: Capa e Faixa para mala;
Valor: Capa a partir de R$110,00, Faixa a partir de R$45,00
Loja: SaveBag @savebag (loja online, Instagram);
Valor do dia 14/12/2016.

8- Caderno Histórias de Viagem:




Aaah uma coisa que todos nós já sabemos é que viajante tem muitaaa história na mochila. Que tal facilitar um pouco ?
Esse caderno de histórias é todo diagramado pensando no viajante, com tópicos específicos para garantir que o mesmo não esqueça nenhum detalhe sobre o que aconteceu na viagem, como:

- O que fui conhecer;
- O que conheci e minha classificação;
- O que não foi tão bom.
- Amigos que fiz pelo caminho.
- Se eu voltar, é bom lembrar de?....
- Meus gastos.


Não é demais?

Produto: Caderno Histórias de Viagem;
Valor: R$14,90
Loja: Imaginarium (loja online) ;
Valor do dia 14/12/2016.

9-Relógio Mapa Mundi:




Ah esse já é bem conhecido pelos viajantes, mas tão caro em alguns lugares do Brasil. Como indicamos a Tag para mala, importada da China, porque não importar um relógio também?
Se você realmente pretende presentear o viajante no natal ainda, indicamos a compra do mesmo em algum site do Brasil, mas se for em uma outra ocasião, pode aceitar essa nossa dica que é garantida e econômica.

Produto: Relógio Mapa Mundi;
Valor: $1,68 aproximadamente R$6,00
Loja: Aliexpress (loja online);
Valor do dia 14/12/2016.

10-Caneca Marcador:




Como dissemos, todos os viajantes carregam muitas histórias e lugares na mochila. Que tal tomar um bom café olhando por cada lugar que passou pelo mundo e para os que ainda virão?
Sim, essa caneca é mágica, ela vem com um marcador para que os apaixonados por viagens marque os lugares por onde passaram. Não é um máximo?


Produto: Caneca Mapa Mundi;
Valor: R$54,90
Loja: Viagema (loja online);
Valor do dia 14/12/2016.

11- Pôster Mapa Mundi com Pins adesivos:



Para tudo...
Nós apostamos que um viajante ficaria super feliz com um pôster desses bem grandão, ainda mais com esse modelo vintage.
Qualquer um gostaria de marcar em um mapa mundi os lugares por onde passou. Assim como a caneca, existe também o pôster com o mapa mundi, ele vem com pins adesivos de três tamanhos diferentes, para marcar cidades e países por onde passou e onde pretende passar.


Produto: Pôster Mapa Mundi Vintage;
Valor: R$69,90
Loja: Viagema (loja online);
Valor do dia 14/12/2016.

12- Quadro Coleção Viagens:




Uma coisa que a maioria dos viajantes fazem é guardar mapas, tickets de trens, metrôs, vôos, rolhas dos vinhos que degustou em suas viagens.... E por que não, guarda-los todos dentro de uma caixinha para colecionar e relembrar desses momentos?
Já pediu ajuda para um apaixonado por viagens? Ele sai tirando mapa de tudo quanto é canto, emprestando tickets que sobraram do metrô....
Seria uma ótima ideia reuní-los todos em um lugar só, assim ele decora e organiza suas lembranças.


Produto: Quadro coleção viagem;
Valor: R$89,90
Loja: Walmart (loja online);
Valor do dia 14/12/2016.

13 - Uma passagem para algum lugar no mundo.




Sim, essa dica não poderia faltar, ela é infalível.
Que tal comprar uma passagem aérea para algum lugar do mundo e presentear seu amigo ?

Produto: Passagem para algum lugar do mundo;
Valor: a definir;
Loja: a definir;

Enfim, essas são algumas dicas que sugerimos para os amantes do mundo. 









 

Leia Mais

Dicas imperdíveis sobre São Thomé das Letras (Pontos Turísticos, Hospedagem, Alimentação...)

Aposto que mesmo que você não conheça ainda São Thomé das Letras, já ouviu falar do pôr do sol mais lindo das Minas Gerais. Acertamos ?
Em São Thomé, bem no alto da montanha está localizado o Parque Municipal Antônio Rosa, ele é composto pela famosa Pirâmide, o Mirante, o Cruzeiro e a Pedra da Bruxa. Trata-se de um conjunto paisagístico tombado pela prefeitura de São Thomé das Letras e hoje é o local mais visitado na cidade das pedras.
O parque possui uma visão 360º de toda área montanhosa e é ali onde o sol nasce e se põe de forma graciosa e ímpar. A cada dia tanto o nascer quanto o pôr do sol são mágicos e trazem algo diferente para cada um que por ali passa para iniciar ou terminar seu dia.




O Cruzeiro: com aproximadamente 4 metros de altura, construído em madeira, é o ponto mais alto da cidade.
A fama diz que o pôr do sol visto lá do alto da pirâmide é o mais bonito, mas nós do Um Sonho, Duas Mochilas discordamos. Para nós o cruzeiro é o lugar privilegiado para assistir o espetáculo, devido a composição pôr do sol + montanhas das Minas Gerais + Igreja e toda a cidade das pedras lá embaixo.
A verdade é que o pôr do sol daquele lugar é lindo em qualquer uma das partes do parque, mas nossa dica é que você vá para o cruzeiro.
Mas não adianta muito falarmos do pôr do sol da cidade, é preciso ir até lá para conferir essa magia, é de arrepiar e os olhos encherem d'água.
Fora do horário de verão tem uma pitadinha de emoção a mais, na grande maioria das cidades de Minas as 18:00 toca-se Ave Maria nas igrejas Católicas para celebrar a hora do Ângelus ou Hora da Ave Maria. Mas independente de crenças ou religião, o que queremos dizer é que uma música tão bela vem para celebrar o final do dia no alto da montanha com um pôr do sol maravilhoso, muitos por ali aproveitam para meditar, agradecer, aplaudir ou apenas admirar e sentir a energia.







O Mirante: de lá, tem-se uma vista diferente e não menos privilegiada que os outros pontos, alguns dizem que ali seria o melhor lugar de todos os pontos para avistar O.V.I.N.I.S, outros fazem dali um ponto de meditação. Como no pôr do sol a pirâmide e o cruzeiro ficam sempre com bastante visitantes, o mirante é um cantinho mais vazio comparado com estes, o que se torna ideal.

A Pirâmide: para os turistas e os viajantes, esse é o ponto de referência quando se fala em São Thomé, uma construção com formato de pirâmide, feita com pedra e alvenaria. É lá que a maioria das pessoas se reúnem no fim da tarde. Existem ainda muitos artistas que por ali mostram seu talento para os visitantes da cidade, seja como música, dança ou artesanatos.
A estrutura da casa da pirâmide é cheia de lendas, uma delas é que ela foi construída dentro do alinhamento com a constelação de escorpião e dizem que sua rampa possui formato de aracnídeo. Mas São Thomé é assim, rodeada e famosa pelo seu misticismo e lendas, como explicamos aqui.
Ao lado da Casa da Pirâmide existe um símbolo da paz representando bem o espírito da cidade.






Existe ainda um destaque que não podemos deixar passar, no caminho da pirâmide para o cruzeiro, existem muitas das famosas "pedras empilhadas". Essas pedras existem no mundo todo mas em São Thomé as pedras possuem uma energia um tanto quanto diferente. Por lá você encontra essas pedras empilhadas por todo o canto, em cachoeiras, próximo a grutas e a maioria encontra-se nesse caminho entre o Cruzeiro e a Pirâmide.

CURIOSIDADE: Empilhar Pedras é uma arte praticada no mundo inteiro e com o mesmo fim, o objetivo dessa arte é principalmente o equilíbrio. Elas representam o imóvel, o estável, a durabilidade.
Que tal empilhar pedras?? Aqui vai algumas dicas:


Busque um cantinho na natureza, seja uma cachoeira, uma praia, um parque, mas precisa ser um lugar em que transmita uma paz única e natural.

Escolha as pedras a serem usadas, sim, sinta a energia das pedras e você saberá qual delas você precisa usar no momento. (lembrando que uma das pedras precisa ser a base, sendo assim ela precisará ser maior).

Passe os dedos sobre as pedras, conheça cada uma, sinta a energia que elas transmitem a você e concentre-se, este é um exercício de atenção e equilíbrio, portanto, exige-se concentração e silêncio. Aaaah e não se esqueça de controlar sua respiração.

Desligue-se do mundo e concentre-se, pense apenas em coisas boas, na natureza e construa sua arte e equilibre seu espírito.


Pedra da Bruxa: Como tudo em São Thomé gira em torno de mistérios, lá está ela, uma formação rochosa e curiosa que vista de perfil, lembra a silhueta da face de uma bruxa, principalmente na lua cheia. Ela está localizada no parque também em um ponto bem alto e de lá o nascer do sol é privilegiado, vale muito a pena começar o dia por lá.


Agora que já falamos do parque, reservamos alguns pontos da cidade que mais nos chamaram a atenção, a Gruta de São Thomé e as duas igrejas da cidade, a de pedra e a Matriz.

Gruta de São Thomé: Está localizada próximo a praça Barão de Alfenas, bem no centrinho da cidade, fica ao lado da Matriz. É uma grande formação de pedras com uma escadaria em que você pode visitá-la tanto por dentro quanto na parte de cima, onde você tem uma bela vista da praça.
E essa gruta foi onde teve origem toda a história da Serra das Letras.Segundo a lenda, viveu por ali um escravo de nome João Antão, que cansado de ser mau tratado por seu senhor, na Fazenda Campo Alegre, situada hoje na cidade de Carrancas, fugiu e se refugiou na gruta na Serra das Letras, vivendo do que a natureza lhe oferecia. Até que um dia um homem muito sábio, de barba, vestindo-se de branco resolveu aparecer lá na gruta para João Antão e eles firmaram assim uma bela amizade.
Depois de um tempo, esse homem voltou a gruta e entregou uma carta para Antão, para que o mesmo levasse para seu senhor para que lhe fosse concedida a liberdade.
Antão entregou a carta ao seu senhor, com fé que conseguiria. O senhor, um homem muito religioso leu a carta e prometeu-lhe a liberdade se ele lhe mostrasse quem a escreveu.
Foram até a gruta e o que encontraram foi uma estátua entalhada em madeira e atribuíram a imagem do Apóstolo.
O fazendeiro com toda sua crença e religião, resolveu levar a imagem para sua fazenda, e o que a lenda diz é que a imagem sempre desaparecia da fazenda e reaparecia na gruta, por várias vezes. Sedo assim, o senhor resolveu construir uma capela ao lado da gruta para abriga-la e lá ela permanece até os dias atuais.





Igreja Matriz: A Igreja foi construída por volta de 1785. Ela abriga mistérios escritos em suas pinturas , na arquitetura e em sua numerologia. O curioso é que nesta época a igreja católica tinha um bom relacionamento com a Maçonaria e por isso todas as igrejas construídas nessa época eram recheada de mensagens sagradas ocultas.
Por fora a Matriz esbanja um estilo barroco, bem característico das igrejas de Minas.
A Igreja Matriz foi a primeira igreja a ser dedicada ao São Thomé no Brasil e é também tombada como patrimônio histórico Estadual.





Igreja Nossa Senhora do Rosário ou como é conhecida Igreja de Pedras: Essa igreja é maravilhosa e bem a cara de São Thomé, toda feita em pedra. É uma igreja Católica iniciada no século XVIII, construídas por escravos, mas permaneceu por um longo período inacabada.
Ela só foi realmente entregue ao público e finalizada em outubro de 1995, é também tombada como patrimônio Histórico Estadual.




O post de hoje ficou um pouco extenso, mas nosso objetivo é mostrar cada detalhe para os viajantes que já conhecem ou pretendem conhecer a linda Serra das Letras.
Vamos deixar alguns lugares como dicas úteis para vocês como hospedagem e alimentação, são aqueles que fomos muito bem atendidas e que recomendamos realmente para vocês.



Hospedagem: Nos hospedamos a primeira, a segunda, a terceira e vamos nos hospedar sempre na Pousada/Hostel Monalisa. Sabe aquele lugar em que você se sente em casa?
A pousada é simples, assim como todos os lugares de São Thomé. O café da manhã é muito bom. O Juliano e a Helê, são os donos da pousada e recebem todos os hóspedes da melhor forma possível, com muita atenção, e estão sempre dispostos a ajudar com dicas de passeio e etc.
O valor da hospedagem é muito bom, existem quartos compartilhados estilo Hostel e também algumas suítes para casal ou amigos.
A localização? melhor impossível, bem no centro da cidade, pertinho de tudo, de lá você consegue fazer tudo a pé no centro.

Contato: (11) 99983-8242 (whats app)

Guia: Júlio (35) 99932-8689, nós super indicamos, pois, conhece bem a cidade, cachoeiras, lendas e o misticismo.



Alimentação:
Lanche: a noite indicamos o Rock dog - A casa do cachorro quente, uma variedade enorme na hora de montar seu hot dog e o atendimento é muito bom, além de ser delicioso.

Restaurante: Indicamos o Restaurante Eubiose, localizado em frente a cachoeira Eubiose, lá eles possuem uma variedade de comida mineira no fogão a lenha, que nossa, da fome só de lembrar rsrs. E o mais importante, a qualidade no atendimento.


Bom pessoal, encerramos por ora o assunto São Thomé, mas é por ora viu ?
Sempre estamos passeando lá na Serra e sempre que aparecer uma novidade vamos correr aqui pra contar pra vocês, combinado ?
E por falar nisso, para quem ainda não sabe, nós do Um Sonho, Duas Mochilas, também somos uma agência de viagens online e levamos sempre grupos para vários lugares e um dos que mais levamos é São Thomé das Letras, em sua maioria a saída é da cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, mas todos são bem vindos, de qualquer lugar do mundo.









Utilizamos como apoio e referência em alguns tópicos informações retiradas da Revista "São Tomé em Revista" com direção geral de Julio Cesar Souza Mendes (nosso guia que indicamos logo acima).



Leia Mais

Principais cachoeiras em São Thomé das Letras

Vamos com mais um pouquinho de São Thomé das Letras?
Sim, vários posts detalhados, a cidade merece, pois é cada cachoeira e cada lenda que você precisa saber na hora de preparar sua Trip para a Terra Mágica.
Estamos seguindo pelo roteiro de cachoeiras que realizamos. No post anterior mostramos um pouco sobre a cachoeira Antares, menos conhecida, mas não menos bonita que as outras.
Hoje vamos falar sobre as 6 principais cachoeiras da cidade, claro que existem muitas outras, porém destacamos estas para um roteiro de 3 dias pela cidade. 


Cachoeira Paraíso

Para chegar até lá pegamos uma estrada de terra/chão tranquila, algumas partes ruins, mas nada tããão ruim assim.
Chegamos bem cedinho na Cachoeira Paraíso, ela estava vazia, todinha para nós. O sol ainda estava um pouco tímido mas acreditamos e lá apareceu ele para aquecer um pouco das águas geladas dalí.
A cachoeira é uma delícia, você pode nadar e até ficar por baixo da queda.





Entrada: Gratuita
Distância do Centro da Cidade: aproximadamente 9km.
Trilha: leve     


Cachoeira Véu da Noiva 

A Cachoeira Véu da Noiva fica bem próxima a Paraíso, passando por uma trilha curta e tranquila logo acima da queda.
Essa também nos encantou com sua queda com mais de 20 m formando um poço com aproximadamente 3 m de profundidade. É considerada a cachoeira com maior volume de águas da Serra das Letras.
Um poço bem tranquilo e convidativo para um bom banho em suas águas.


Entrada: Gratuita
Distância do Centro da Cidade: Aproximadamente 9 km.
Trilha: Leve      


Cachoeira do Flávio

No dia em que estivemos na Cachoeira do Flávio, por ali não chovia fazia tempo, ela não estava com uma queda tão grande, mas mesmo assim, desfrutamos a energia e a beleza das águas.
Ela praticamente não possui trilha, a queda fica bem na entrada da estrada, é preciso descer apenas alguns degraus para dar de frente com essa maravilha.



Entrada: Gratuita
Distância do Centro da Cidade: Aproximadamente 5 km.
Trilha: Não possui      


Cachoeira Eubiose

A cachoeira Eubiose está localizada na mesma estrada de terra que seguimos para as anteriores, mas na verdade optamos por fazer a mais distante primeiro e vir voltando.
Na entrada da Eubiose paramos para o almoço no restaurante em frente a mesma, uma delícia por sinal, nós super recomendamos. Afinal, uma comidinha mineira com grande variedade depois de algumas trilhas e banhos de cachoeira para recarregar as energias, cai bem, não cai?
A Eubiose é propriedade particular e por isso ela é paga, mas vale cada centavo, a cachoeira é muito bonita com uma queda mediana e um poço delicioso para se refrescar.
No lado oposto da cachoeira você pode desfrutar também de uma piscina natural, mas decidimos por aproveitar nosso tempo na cachoeira.




Entrada: R$5,00
Distância do Centro da Cidade: Aproximadamente 3 km
Trilha: Leve, aproximadamente 5 minutos     


Cachoeira da Lua:

Essa cachoeira já é linda, imagina com a Lua?
Sim, essa foi uma das estórias que escutamos por lá, que a cachoeira recebeu esse nome devido as árvores que circundam acima dela, e quando a lua está cheia, ela ilumina todo o meio deste poço formando um círculo refletindo a luz em suas águas dando um show de beleza natural.
O legal é que a cachoeira possui uma corda para o pessoal pular segurando a mesma e cair direto na cachoeira, é uma delícia, e claro que nós brincamos muito por ali, mesmo com a água com temperatura baixa, para não dizer cortante rsrs.



Entrada: Gratuita
Distância do Centro da Cidade: Aproximadamente 8km
Trilha: Não possui trilha     


Cachoeira Vale das Borboletas

Essa cachoeira fica do lado oposto das outras, para ter acesso a mesma é preciso pegar a estrada sentido a cidade de Três Corações.
Próximo a cachoeira existem opções de restaurante e banheiros.
A trilha é tranquila e bem sinalizada, é possível o acesso na parte de cima da queda, e claro que não poderíamos deixar de passar por lá para admirar e registrar a beleza para vocês.
Por ali ficamos alguns minutos e depois pegamos uma pequena trilha para descer e tomar um banho na queda da cachoeira. No dia estava com pouca água, mas mesmo assim ela é bem forte, praticamente uma hidromassagem natural. Vale muito a pena renovar as energias nessa queda em especial.



Entrada: Gratuita
Distância do Centro da Cidade: Aproximadamente 2,5km
Trilha: Leve     

Agora deixamos vocês com um pouco dos registros fotográficos que fizemos por lá.
Quer ver um pouco mais de fotos?
Que tal nos acompanhar em nosso Instagram ?
















Leia Mais

Um Sonho, Duas mochilas | Todos os direitos reservados 2016 © | Desenvolvimento: